Sesc Piracicaba traz 126 obras para a Bienal Naïfs do Brasil

Foto e texto: Divulgação Sesc de Piracicaba 

 

Começa nesta sexta-feira (19) no Sesc Piracicaba, a 13ª edição a Bienal Naïfs do Brasil , com tema “Todo mundo é, exceto quem não é”.

 
A comissão de curadoria selecionou 126 obras, vindas de 25 estados brasileiros. Além das obras selecionadas, a exposição terá 59 trabalhos de 25 artistas contemporâneos convidados, além da realização de programa de ações educativas, biblioteca, oficinas, residência artística e a elaboração de uma série de documentários.

 
De acordo com o Sesc, a exposição mostrará um Brasil múltiplo e diverso, por meio de formas artísticas sem a rigidez e formatação de uma arte acadêmica que foram retratadas em diferentes suportes como o uso de tela e tinta, metal, papelão, plástico, tecido e madeira na expressão da xilogravura e na escultura.

 
A Bienal Naïfs do Brasil começou com as exposições anuais realizadas pelo Sesc Piracicaba no período de 1986 a 1991, e tem como iniciativa valorizar e disseminar essa vertente artística fortemente relacionada aos elementos que caracterizam a cultura popular brasileira.

 
Considerada um dos principais eventos do gênero artístico, a Bienal promove a integração entre artistas, pesquisadores, colecionadores e galeristas, além de educadores e estudantes, com o propósito de ampliar conhecimentos e garantir o debate acerca da produção visual no País.

 

 

 

 

 

X

Pin It on Pinterest

X