Continua a Greve dos Bancários em Piracicaba e região

Texto e Foto: Da Redação. 

Desde terça-feira (06) os bancários de Piracicaba e região entraram em greve depois que a categoria rejeitou a proposta de reajuste salarial apresentada pela Federação Nacional dos Bancos (Fenaban)

Na quinta-feira passada (01) a proposta de reajuste salarial proposta aos bancários pela Fenaban foi de 6,5%, enquanto que a categoria espera um reajuste de 14,78% e vale alimentação e refeição no valor de R$ 880,00.

Segundo dados do Sindicato dos Bancários de Piracicaba (SindBan), cerca de 70 agências da região aderiram à paralisação.

A presidente em exercício do SindBan, Angela Ulices Savian, afirmou que as agências de Piracicaba e Santa Bárbara d’Oeste (SP) estão em greve. “Faremos forte paralisação nos dois municípios com maior número de agências. Piracicaba possui 58 agências e 1202 bancários. Já Santa Bárbara d’Oeste tem 14 agências e 230 bancários. Podemos estender para outras cidades de nossa base”, disse.

Em Capivari, as agências do Banco do Brasil e da Caixa Econômica também estão paradas, por conta da greve dos bancários.

Nesta sexta-feira (09) deve acontecer uma nova reunião de negociação entre os bancários e a Fenaban.

De acordo com o SindBan, a população pode utilizar outros meios para a realização dos serviços bancários durante a paralisação.” Quem tem conta para pagar e não consegue antecipá-la, pode recorrer às agências lotéricas e até lojas de departamentos que aceitam a quitação de diversas contas”, disse. O sistema de atendimento pela internet e os caixas eletrônicos das unidades funcionarão normalmente.

X

Pin It on Pinterest

X